Por que uma Caravana de Minas Gerais?

Nos locais de exploração mineral a regra é o desmatamento, a destruição de nascentes d’água, a degradação do solo e a poluição do ar. A cadeia produtiva mineral representa 30% do PIB de Minas Gerais. O ouro extraído no período colonial foi enviado para a Europa sem retorno concreto ao Brasil.  Hoje, os minérios continuam sendo enviados ao exterior, deixando para cidades mineiras apenas a destruição.

A influência política da Vale em Minas Gerais garante à empresa o silêncio do Estado e de governos em relação aos crimes sociais, trabalhistas, tributários e ambientais cometidos pela mineradora e garante benefícios econômicos, como o empréstimo aprovado pelo BNDES à empresa de R$ 7,3 bilhões a pagar em 40 anos sob juros irrisórios.

Frente à situação, grupos e movimentos locais estão fortalecendo alianças através da Caravana Minas, que sairá da cidade de Congonhas no próximo dia 11 rumo ao Rio de Janeiro. Representantes de movimentos e organizações sociais mineiras, cerca de 30 pessoas, vão participar do Encontro Internacional dos Atingidos pela Vale para a troca de experiências com pessoas de várias partes do mundo.

“É urgente que os povos, os movimentos e as comunidades se unam e se conheçam cada vez mais, para enfrentarem juntos um modelo de desenvolvimento que até hoje está enriquecendo poucos e distribuindo para muitos seus impactos e contradições” , diz trecho da  convocatória elaborada por movimentos e organizações sociais mineiros.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Caravanas, Minas Gerais

Uma resposta para “Por que uma Caravana de Minas Gerais?

  1. Gesa Corrêa

    Estaremos aguardando a caravana aqui no Rio de Janeiro e queremos somar esforços nessa luta que sabemos desigual, considerando o “poder” que a Vale adquiriu, finaciando inclusives campanhas eleitorais.
    Sendo integrante da direção do SEPE/RJ- Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação, nos colocamos à disposição para contribuir nessa luta do conjunto da sociedade civil que luta contra o sistema capitalista que destrói o meio ambiente, precariza as relações de trabalho e ameaça a vida.
    Entendemos que a resistência popular é fundamental nesta luta e como profissionais da educação acreditamos que podemos contribuir nesse “encontro com testemunhas de outros lugares do mundo que vai ‘abrir os olhos’ de uns e dos outros a respeito das várias formas de resistência ao modelo de desenvolvimento proposto por Vale”.

    caso haja necessidade de tirar cópias de manifestos e outros documentos, temos condições de ajudar.
    Já vou colocar tal convocatória na página do nosso sindicato e ver como o conjunto da direção se engaja nessa “caravana”.
    Saudações socialistas.
    (21) 78438775

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s