TKCSA: UM EXEMPLO DE “RESPONSABILIDADE SOCIAL”

Nota do Instituto Políticas Alternativas para o Cone Sul (PACS) mostra que, somente entre 2011 e 2013, os dados da Prefeitura do Rio mostram que a Companhia Siderúrgica do Atlântico (TKCSA), um mega-empreendimento industrial entre a alemã ThyssenKrupp Steel e a mineradora brasileira Vale, não pagou R$ 20 milhões em impostos.

Neste momento, está sendo construída a ciclovia Largo do Machado-Cosme Velho, que busca apresentar uma imagem mais sustentável da cidade aos turistas que visitarem o Cristo Redentor durante as Olimpíadas de 2016. A TKCSA está custeando a obra, no valor de R$ 1.442.854,00. Ou seja: a empresa deixa de pagar 20 milhões e depois “compensa” esta renúncia fiscal com um valor 14 vezes menor.

E ainda consegue um veículo de marketing que tende a aumentar seu valor de mercado, mesmo que siga responsável, sozinha, pelo aumento de 76% nas emissões de CO2 em todo o Rio de Janeiro. Além de campeã de poluição do ar, a TKCSA também é campeã em projetos de responsabilidade social corporativa destinados a transmitir uma imagem oposta à realidade de violações e ilegalidades envolvidas com a empresa.

Veja a nota completa do PACS:

Cadastre seu e-mail Receba novidades do PACS Pesquisar por: Visitantes Contador de visitas Ciclovia em laranjeiras: nota de posicionamento sobre acordo entre TKCSA e Prefeitura do Rio de Janeiro

vale 3

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s