Italianos criam hotsite para divulgar os impactos da mineração em comunidades do Brasil e Itália

20403_a41348
Os italianos Alessandro Marescotti e Beatrice Ruscio criaram o hotsite peacelink para reunir todas as notícias e reflexões referentes aos impactos sofridos pelas comunidades da região de Carajás e, em especial, da comunidade de Piquiá de Baixo.
Marescotti é coordenador do Peacelink, que há anos luta contra a poluição provocada pela empresa siderúrgica ILVA, na cidade italiana de Taranto. O minério de ferro que alimenta a empresa ILVA é extraído da mina de ferro Carajás pela mineradora Vale S.A.
A situação de Taranto parecida com a realidade do bairro Piquiá de Baixo. Inclusive já houve mobilizações para realizar intercâmbios e parcerias entre essas comunidades, vítimas de injustiça ambiental.
Beatrice Ruscio participou do Seminário Internacional Carajás 30 anos: resistências e mobilizações frente a projetos de desenvolvimento na Amazônia Oriental, realizado na cidade de São Luís, no período de 5 a 9 de maio de 2014.
Fonte: Justiça nos trilhos, 04 de maio de 2015
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s