Moradores da Zona da Mata são evacuados por risco em barragem da Vale

Medida foi tomada em Rio Preto, a 385 quilômetros de Belo Horizonte. Ao todo, 29 pessoas foram retiradas de casa Mais uma evacuação por causa de risco de rompimento de barragem da Vale ocorre na manhã deste sábado. Desta vez, moradores da zona rural de Rio Preto, cidade localizada a 385 quilômetros de Belo Horizonte,... Continuar Lendo →

Anúncios

Os sete pecados da Vale que levaram à tragédia de Brumadinho

Os erros de gestão e de governança que fizeram da mineradora protagonista de duas tragédias — e que nublam seu futuro Dezenove dias depois do rompimento da barragem do córrego do feijão, na cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, que deixou 200 mortos e 108 desaparecidos, o então presidente da mineradora Vale, Fabio Schvartsman, foi... Continuar Lendo →

Samarco terá até agosto de 2020 para reassentar vítimas de tragédia, diz MP

A Samarco e suas sócias terão até 27 de agosto de 2020 para realizar o reassentamento de pessoas atingidas pelo rompimento de uma barragem de rejeitos de minério de ferro da mineradora em Mariana (MG) em 2015, conforme decisão da Justiça que acatou pedido feito pelo Ministério Público estadual. Em nota à imprensa nesta quarta-feira,... Continuar Lendo →

Report one month after the crime-tragedy of Brumadinho International Articulation of the Affected by Vale (AV)

On January 25, 2019, three years after the biggest environmental crime in the country, we are once again living a major tragedy caused by mining.  By February 22, the collapse of Dam Number 1 in the Corrego do Feijao complex owned by Vale S.A. had resulted in 177 deaths and 133 missing. One month after... Continuar Lendo →

Por que o Brasil não tem como saber se suas barragens são seguras

Os dois maiores acidentes com barragens do Brasil – em Brumadinho (MG) e Mariana (MG) – envolveram estruturas classificadas como de baixo risco, com documentação em dia segundo a legislação atual e administradas por empresas de grande porte. Mas só em Minas Gerais, por exemplo, há 400 minas paralisadas, sem controle ambiental ou completamente abandonadas, de acordo... Continuar Lendo →

Empregados da Vale poderão receber menos indenizações que outras vítimas

A Vale pedirá, na Justiça, que se verifique a regra que fixa um teto para a indenização por danos morais no caso dos funcionários que morreram em Brumadinho (MG), segundo um advogado que atende a mineradora. Desde a reforma trabalhista, o valor máximo desse pagamento deve ser de 50 vezes o salário que o empregado... Continuar Lendo →

TRF1 determina paralisação imediata da mineração Onça Puma, da Vale, por danos causados a povos indígenas no PA

A Vale divulgou uma nota afirmando que deve recorrer e reafirmou "a inexistência de danos gerados pela atividades de mineração". Uma decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) ordena a paralisação imediata das atividades da mineração Onça Puma, subsidiária da Vale, que segundo ação do Ministério Público Federal (MPF), causou danos ao povo... Continuar Lendo →

Lama da barragem de Brumadinho já afetou abastecimento de água em 16 municípios

Um mês após desastre em Brumadinho, lama continua ingressando no leito e avançando no Rio Paraopeba rumo ao São Francisco, sem nenhuma providência capaz de contê-la. Os mineiros choram seus 179 mortos e 131 desaparecidos durante o rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte – tragédia... Continuar Lendo →

Vale contratou Tüv Süd após auditor se recusar a certificar barragem

A Vale demitiu em setembro do ano passado um auditor que se recusou a certificar a barragem que se rompeu em Brumadinho (MG) no início do ano, de acordo com documentos preliminares de uma investigação da polícia e do Ministério Público. A mineradora brasileira substituiu o auditor pela Tüv Süd, companhia alemã de certificação, de... Continuar Lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: